Nutrição

Quando toca à nutrição, é comum associar-se um nutricionista a um especialista a quem recorremos para perder peso. Mas a sua especialidade vai muito além da manutenção de um peso saudável, sendo importante visitá-lo noutras ocasiões.

Um pouco por todo o mundo, o padrão de alimentação e a prática de exercício físico sofreram importantes alterações ao longo da nossa história.

A conhecida relação entre os hábitos de alimentação e a incidência de diversas doenças é demonstrada a partir do momento que as entidades reguladoras de saúde consideram os hábitos alimentares inadequados como o principal fator de risco para a diminuição da esperança e qualidade de vida.

Para prevenir o aparecimento de diversas doenças, altamente influenciáveis pelos estilos de vida e hábitos de alimentação adotados, deverá seguir as recomendações nutricionais individualizadas e personalizadas sugeridas pela sua nutricionista. Delegue sempre a otimização da sua dieta num profissional de saúde qualificado e certificado.


   

Pré-conceção

   

Além da importância do estado nutricional prévio à gravidez, o peso corporal e a distribuição de gordura são fatores determinantes para a fertilidade da mulher e para uma gravidez ideal, contribuindo para um bom desenvolvimento físico e neurológico do bebé, assim como para um pós-parto saudável.

Não só a pré-mamã deve planear todo o processo de gravidez, também o futuro pai se deve preocupar.

Estudos mostram que diversas questões nutricionais e de estilo de vida podem contribuir para uma pior fertilidade masculina, incluindo o aumento no stresse oxidativo, obesidade, exposição a níveis excessivos de metais pesados e disruptores endócrinos, e má alimentação (com proporção inadequada de macronutrientes ou deficiência de micronutrientes).

É, por isto, de extrema importância que o homem, também, adote um estilo de vida saudável bem orientado por um profissional especializado.

   

Gravidez

 

A Nutrição assume-se como um dos principais fatores para uma gravidez de sucesso.

Adequações nutricionais devem ser levadas em consideração neste momento para prevenir um empobrecimento do património nutricional da mãe e proporcionar um desenvolvimento ideal do bebé.

Importante para se corrigirem erros nutricionais que não foram detetados antes da gravidez.

   

Pós-Parto

 

Após o parto, as necessidades nutricionais do bebé ainda estão dependentes da mãe.

Assim sendo a alimentação da mãe deverá ter um aporte adequado de macro e micronutrientes para que o leite materno forneça todos os nutrientes necessários ao desenvolvimento ideal do bebé.

Bons hábitos alimentares podem auxiliar na diminuição de sintomas de depressão pós-parto. Promovem uma melhoria da composição corporal sem afetar a qualidade do leite materno.


Seja qual for a fase da vida em que se encontra, procure o melhor para si!


Todas as consultas estão disponíveis na modalidade presencial ou online.


  

Para inscrições ou marcações clique aqui